Mudança para idoso pobre pode ser menor

11/03/2019

A equipe econômica discute uma proposta alternativa para as regras do BPC (Benefício de Prestação Continuada), destinado a deficientes e idosos em situação de miséria.

O objetivo é amenizar resistências do Congresso às mudanças incluídas na reforma da Previdência.

Integrantes do governo estudam ajustar o valor e a idade de acesso ao pagamento.

Uma das versões debatidas, segundo a reportagem apurou, seria dar um benefício de R$ 600 por mês a cidadãos de baixa renda a partir dos 62 anos e de um salário mínimo a partir dos 68 anos.

A ideia representa uma flexibilização do plano original do Ministério da Economia.

O projeto de reforma enviado ao Congresso prevê pagamentos de R$ 400 a idosos a partir dos 60 anos e de um salário mínimo só a partir dos 70 anos.

Reação ao texto

O endurecimento das regras do BPC foi um dos pontos mais atacados da reforma por deputados e senadores de diversos partidos.

  • Leia esta reportagem completa na edição impressa do Agora, nesta segunda, 11 de março, nas bancas
0 Comentários

Adicione um comentário

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


Monica Nogueira

Super Tarde Regional

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

GUSTTAVO LIMA

ZÉ DA RECAIDA

02.

HENRIQUE E JULIANO

QUEM PEGOU PEGOU

03.

DIEGO E VICTOR HUGO

INFARTO

04.

MC KÉVINHO E MC KEKÉL

O BEBÊ

05.

JERRY SMITH

EU VOU FALAR PRA TU

Anunciantes